Procon orienta muriaeenses sobre compras de Natal em lojas e internet

06/12/2017 | 08:37 | Notícia

Objetivo é evitar problemas na troca ou em prazo para receber mercadoria


Para não ter surpresas com as compras de Natal, em lojas convencionais ou virtuais, o Procon, unidade administrativa da Prefeitura de Muriaé, solicita que as pessoas façam uma lista dos produtos que serão comprados, estudem preços e prazos de entrega. A orientação tem o objetivo de prevenir compras indesejadas, evitar problemas na hora da troca do presente ou ter aborrecimentos com prazos de entrega da mercadoria.

Um dos principais cuidados a serem tomados é realizar um planejamento das compras, assim como um levantamento dos preços de cada mercadoria, em diversos pontos de venda. Também é importante verificar as formas de pagamento, assim como a possibilidade de troca, levando em conta que o pagamento à vista é mais aconselhado, pois o consumidor pode pedir descontos.

O Procon trabalha na proteção do consumidor fazendo cumprir as normas estabelecidas no Código de Defesa do Consumidor (CDC). Uma das dicas do chefe do setor de atendimento do órgão, Jacy de Oliveira, é lembrar que compras à vista e no cartão são diferentes, pois linhas de crédito acrescentam juros. “Não faça compras além das suas condições financeiras. Caso divida em parcelas, faça o menor número de prestações possível, pois janeiro é mês de IPVA e período de comprar material escolar”, lembrou.

“A nota fiscal é indispensável”, explica coordenadora do Procon

Todo produto adquirido em uma loja física deve ser testado na hora da compra. Junto a ele, se deve exigir à nota fiscal, onde vão estar o valor, local e data que ele foi comprado. “A nota fiscal é indispensável. No caso do consumidor precisar trocar o produto, o CDC só garante a troca caso seja encontrado um defeito no produto. Se tiver dúvida, combine com o lojista por escrito um prazo para a substituição. Pode acontecer de uma pessoa comprar um presente pra alguém e o destinatário já ter aquele item ou mesmo o item não servir. Neste caso, precisa estar munido de nota e com um acordo junto ao vendedor”, esclareceu a coordenadora do Procon, Marília Fonseca.

Para as compras na internet é indicado procurar sites conhecidos. O órgão lembra que em caso de compras fora do estabelecimento comercial, é garantido sete dias de prazo para o consumidor desistir da encomenda. A sugestão é que o consumidor desconfie de preços muito baixos, pois existe um valor estimado para cada tipo de mercadoria. Adverte ainda que as compras online precisam ser feitas com antecedência, pois podem não chegar até o dia 24 de dezembro, quando é a data para a entrega de presentes. E acrescenta que é preciso imprimir e-mails trocados com lojas virtuais e guardar as notas fiscais do produto para garantir a segurança da entrega.

Comentários

comentarios

 RECEBA AS NOTÍCIAS

Av. Maestro Sansão, 236, Centro - Muriaé, MG

CEP 36880-002 / Telefone / Fax: (32) 3696-3300

Desenvolvido por

Leitor de Página Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support